terça-feira, 6 de março de 2012

Os " Donos de Sí "

Nestas minhas andanças pelo mundo, conheci pessoas de vários tipos...

Apaixonadas por qualquer coisa (ao Extremo), pessoas mornas (que não provaram do amor por medo e com isso se tornaram vazias de sensações), pessoas cretinas (essas foram as piores... geralmente este tipo possui cara de anjo e alma de demônio... palavras doces e ações devastadoras na vida de quem tem o desprazer de estar perto), conheci pessoas sonhadoras (como eu...) e pessoas que já foram machucadas um dia e não superaram o trauma (que às vezes é tão grande que fica difícil esquecer mesmo...) e se intitulam “Donos de si” só para o mundo achar bunitinho... (e sustentar um título de fortaleza).

Hoje vou falar de pessoas que se auto-denominam : “ Donos de sí “ ...

Os donos de sí (pelo menos os que eu conheço) são frios, arredios e dificilmente alguém consegue agradá-los e quando agradados, não expressam nenhuma emoção mínima, sendo assim, ninguém sabe como fazê-los felizes.
Os donos de sí se intitulam desapegados, um “tô nem ai “ e um “ a fila anda “ sempre na ponta da língua, mas somente o travesseiro sabe as aflições desse grupo.
Gostaria de descrever aqui, uma pessoa que conheci ha alguns dias que surpreendentemente me pediu um conselho (se eu soubesse guiar a minha própria vida já estaria bom, RS), mas... Voltemos à história...

Esta pessoa passou alguns anos de sua vida investindo em um relacionamento de 4 anos ( deu certo 4 anos e acabou ) , e como este término foi trágico ( quase todos são), ela decidiu não mais amar ninguém! Optou pelas muitas festas, fotos de uma vida superficialmente feliz em redes sociais, e para todos passou à ser a “ Dona de sí” , que não se apaixona, não se envolve ... Não se apega, não sofre...
O problema é que nenhum “Dono de sí” dura para sempre... (assim como água mole e pedra dura, tanto bate até que fura).
E a “Dona de Si” se apaixonou (mas jura que não, RS, ainda tenta manter o seu título).
O problema disso tudo é que ela, com todas as caraterísticas acima, está desperdiçando uma oportunidade de provar o amor e sabe porque ?
Por achar que no mundo, todos serão iguais à aquele que não permaneceu do seu lado.

Daí,finalizei o meu conselho da pergunta que ela me fez... E agora?

Com a seguinte frase:

“Agora tá na hora de parar... e ser feliz... porque um coração blindado sofre menos... mas também vive menos!”

E agora completo...

Você poderá viver sem se envolver, mas em contrapartida perderá a oportunidade de viver sensações incríveis... jogue este medo fora ...

E VIVA A INTENSIDADE !!! “

P.S: Conforme promessa, publico isso para “A Dona de Sí “ .

Agora você pode me dar algum conselho também?

6 comentários:

juliomenezes disse...

Sim sim pra ser feliz de verdade é preciso se livrar dos medos e amar com alma!!!

Adriana Menezes disse...

Falou tudo!
Será que a " Dona de si " vai concordar com a gente ?

Pâmela Gonçalves disse...

as cartas do jogo continuam ai,mas mais nao consigo mais blefar rsrs ,e agora vou desabafar..decisao foi tomada (bom... seja o q deus q quiser )

Adriana Menezes disse...

E qual foi a decisão " Dona de Si " ?
O povo quer saber ...

avlisadmap disse...

ela concorda com cada silabba escrita e...ela qr esperimentar novamente dessa senssaççao,com mais maturidade claro.to pronta me trasborde! kkkk

Adriana Menezes disse...

E assim finalizamos os trabalhos desta missão prometendo escrever assim que tudo se concretizar ...

E viva a intensidade !!!